Núcleo Regional Amazônia Oriental (MA,TO,PA,AP)

O que é

A SBCS divide-se em Núcleos Regionais ou Estaduais, descentralizando a sua administração e estimulando os sócios a participarem de pesquisas e debates sobre temas regionais.

Cada Núcleo tem a sua própria diretoria e os diretores dos Núcleos compõem o Conselho Diretor da SBCS. Ao associar-se a SBCS o sócio passa a fazer parte do Núcleo onde está localizada sua área de atuação.

A administração dos sites dos Núcleos é de responsabilidade da sua diretoria.

O Núcleo Regional Amazônia Oriental  é formado por sócios dos seguintes Estados: MA, TO, PA,  AP

  • Conheça a atual diretoria do Núcleo Regional Amazônia Oriental (MA, TO, PA, AP) que tomou posse no dia 01 de outubro para mandato até 2017.

Diretor: Eduardo do Valle Lima – UFRA Capanema
Primeiro Vice-diretor: Vânia Silva de Melo – UFRA Belém
Segundo Vice-diretor: Regilene Angélica da Silva Souza – UFRA Belém
Secretário Geral: Pedro Daniel de Oliveira – UFRA Capanema
Tesoureiro: Raimundo Thiago Lima da Silva – UFRA Capitão Poço

Clique aqui para acessar o o REGIMENTO DO NÚCLEO REGIONAL NORTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO

 

Notícia

II Amazon Soil é realizado em Capanema

 A SBCS e a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e a Prefeitura Municipal de Capanema–PA realizaram, de 10 a 13 de agosto, o II Amazon Soil, em Capanema , no Pará. O evento, composto do Fórum “Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento do Agronegócio no Pará” e do II Encontro Regional de Ciência do Solo na Amazônia Oriental, buscou a disseminação da Ciência do Solo e o desenvolvimento sustentável da região.

O encontro reuniu pesquisadores e estudantes dos estados do Pará, Tocantins, Amazonas e Maranhão, levando o debate para o interior dos estados. O II Amazon Soil foi presidido pelo professor da UFRA, Eduardo do Valle Lima que também é o atual diretor do Núcleo Regional Amazônia Oriental. A SBCS foi representada do evento pela presidente, Fatima Moreira, e pelo Secretário Geral, Reinaldo Cantarutti que aproveitaram o evento para promover reuniões e colaborar na organização do XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, que será realizado em Belém do Pará, em 2016.

A abertura do II Amazon Soil ocorreu no dia 10 de agosto, com a palestra “O solo como base do sistema produtivo sustentável na Amazônia, proferida pelo ex-chefe da Embrapa Amazônia Oriental e ex-secretário de Agricultura do Pará, Ítalo Cláudio Falesi. A programação contou com a participação de pesquisadores, produtores, estudantes e profissionais ligados à área, locais e nacionais.

Além de palestras, houve apresentação de trabalhos de trabalhos científicos em e-pôsters, mesas redondas e apresentações culturais. O Fórum “Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento do Agronegócio no Pará”, realizado antes da abertura oficial, com o apoio da Federação de Agricultura do Estado do Pará, teve entrada gratuita e aberta ao público, tendo como objetivo estabelecer um diálogo entre o meio científico/acadêmico e a cadeia produtiva.

Segundo os organizadores, o II Amazon Soil ofereceu uma programação científica de elevado padrão, trazendo importantes contribuições dos palestrantes e congressistas consolidando-se como o maior e mais importante fórum de debates e discussões sobre Ciência do Solo na Amazônia.

O encontro reuniu 280 pesquisadores e estudantes dos estados do Pará, Tocantins, Amazonas e Maranhão

O encontro reuniu 280 pesquisadores e estudantes dos estados do Pará, Tocantins, Amazonas e Maranhão

O que é

A SBCS divide-se em Núcleos Regionais ou Estaduais, descentralizando a sua administração e estimulando os sócios a participarem de pesquisas e debates sobre temas regionais.

Cada Núcleo tem a sua própria diretoria e os diretores dos Núcleos compõem o Conselho Diretor da SBCS. Ao associar-se a SBCS o sócio passa a fazer parte do Núcleo onde está localizada sua área de atuação.

A administração dos sites dos Núcleos é de responsabilidade da sua diretoria.

O Núcleo Regional Amazônia Oriental  é formado por sócios dos seguintes Estados: MA, TO, PA,  AP

  • Conheça a atual diretoria do Núcleo Regional Amazônia Oriental (MA, TO, PA, AP) que tomou posse no dia 01 de outubro para mandato até 2017.

Diretor: Eduardo do Valle Lima – UFRA Capanema
Primeiro Vice-diretor: Vânia Silva de Melo – UFRA Belém
Segundo Vice-diretor: Regilene Angélica da Silva Souza – UFRA Belém
Secretário Geral: Pedro Daniel de Oliveira – UFRA Capanema
Tesoureiro: Raimundo Thiago Lima da Silva – UFRA Capitão Poço

Clique aqui para acessar o o REGIMENTO DO NÚCLEO REGIONAL NORTE DA SOCIEDADE BRASILEIRA DE CIÊNCIA DO SOLO

 

Notícia

II Amazon Soil é realizado em Capanema

 A SBCS e a Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA) e a Prefeitura Municipal de Capanema–PA realizaram, de 10 a 13 de agosto, o II Amazon Soil, em Capanema , no Pará. O evento, composto do Fórum “Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento do Agronegócio no Pará” e do II Encontro Regional de Ciência do Solo na Amazônia Oriental, buscou a disseminação da Ciência do Solo e o desenvolvimento sustentável da região.

O encontro reuniu pesquisadores e estudantes dos estados do Pará, Tocantins, Amazonas e Maranhão, levando o debate para o interior dos estados. O II Amazon Soil foi presidido pelo professor da UFRA, Eduardo do Valle Lima que também é o atual diretor do Núcleo Regional Amazônia Oriental. A SBCS foi representada do evento pela presidente, Fatima Moreira, e pelo Secretário Geral, Reinaldo Cantarutti que aproveitaram o evento para promover reuniões e colaborar na organização do XXXVI Congresso Brasileiro de Ciência do Solo, que será realizado em Belém do Pará, em 2016.

A abertura do II Amazon Soil ocorreu no dia 10 de agosto, com a palestra “O solo como base do sistema produtivo sustentável na Amazônia, proferida pelo ex-chefe da Embrapa Amazônia Oriental e ex-secretário de Agricultura do Pará, Ítalo Cláudio Falesi. A programação contou com a participação de pesquisadores, produtores, estudantes e profissionais ligados à área, locais e nacionais.

Além de palestras, houve apresentação de trabalhos de trabalhos científicos em e-pôsters, mesas redondas e apresentações culturais. O Fórum “Desafios e Oportunidades para o Desenvolvimento do Agronegócio no Pará”, realizado antes da abertura oficial, com o apoio da Federação de Agricultura do Estado do Pará, teve entrada gratuita e aberta ao público, tendo como objetivo estabelecer um diálogo entre o meio científico/acadêmico e a cadeia produtiva.

Segundo os organizadores, o II Amazon Soil ofereceu uma programação científica de elevado padrão, trazendo importantes contribuições dos palestrantes e congressistas consolidando-se como o maior e mais importante fórum de debates e discussões sobre Ciência do Solo na Amazônia.

O encontro reuniu 280 pesquisadores e estudantes dos estados do Pará, Tocantins, Amazonas e Maranhão

O encontro reuniu 280 pesquisadores e estudantes dos estados do Pará, Tocantins, Amazonas e Maranhão