Falecimento do Professor Mateus Rosas Ribeiro

 

O professor Mateus, a esquerda, durante a IX RCC, realizada no Acre, em 2010.

É com imenso pesar que a SBCS comunica o falecimento de Mateus Rosas Ribeiro, ex-presidente da SBCS e professor da Universidade Federal Rural de Pernambuco. Ele faleceu sábado, no avião que o levava de Campo Grande para Recife. O professor Mateus estava participando da X RCC- Reunião de Classificação e Correlação de Solos, na Fazenda da Embrapa Pantanal, município de Corumbá, quando sentiu-se mal e foi levado para Campo Grande. Ele estava acompanhado pelo filho, Mateus Rosas Filho. Segundo os participantes da RCC, ele estava muito bem durante as viagens do evento e, quando sentiu-se mal, não queria deixar o evento, lamentando não ver os três últimos perfis de solos que ainda faltavam ser analisados para concluir a Reunião.Foi convencido pelo filho e pelos colegas e imediatamente conduzido a Campo Grande onde recebeu os primeiros socorros, antes de seguir viagem de volta à Recife, onde morava.

O professor Mateus é considerado um dos mais importantes pedólogos do Brasil e um dos organizadores das RCCs. Segundo seu colega de departamento, ex-aluno e Diretor do Núcleo Regional do Nordeste, Clístenes Nascimento, “juntamente com o Professor Paulo Klinger, ele é responsável por formar toda uma escola de pedólogos do Nordeste e do Brasil que, agora, seguem os passos do mestre.

Mateus Rosas Ribeiro faria 70 anos em 2013, quando deveria se aposentar. Entretanto, continuava atuante e produtivo e havia acabado de aprovar projetos no CNPq. Ele deixa a esposa, três filhos e dois netos. O Velório ocorrerá a partir das 15h desta segunda-feira, dia 12, no Crematório Caminho da Paz, localizado na BR 230 km 12, entre João Pessoa e Cabedelo.

Em nome de toda a SBCS, a Diretoria Executiva cumprimenta a família, os amigos e colegas da UFRPE, lamentando profundamente a perda deste pesquisador, professor, pedólogo e ex-presidente tão importante e querido por toda a comunidade científica da ciência do solo no Brasil.