Núcleo Noroeste promove I Workshop de Cadeias de Produção Agroflorestal Prioritárias da Amazônia

O Núcleo Regional Noroeste promoveu no período de 26 a 30 de abril de 2021, o I Workshop de Cadeias de Produção Agroflorestal Prioritárias da Amazônia, que recebeu o nome de “Caminhos da Produção Agroflorestal na Amazônia.”

Todas as atividades do evento foram transmitidas ao vivo por diferentes canais do YouTube (Núcleo Regional Noroeste da SBCS, Suframa, Sudam, da Embrapa e da Associação Polo Digita de Manaus), recebendo mais de 10 mil visualizações na semana do evento.

No total, foram 1.383 participantes, que puderam acompanhar uma intensa programação, composta por 66 atividades e 112 convidados, entre palestrantes, moderadores, debatedores e conferencistas.

O evento teve como objetivo abordar as complexidades do uso das terras e das paisagens da Amazônia, face a grande diversidade de arranjos produtivos, desde aqueles voltados para a exploração extrativista até sistemas agrícolas de elevado nível tecnológico.

Neste cenário, o evento reuniu gestores públicos, pesquisadores, estudantes, professores e produtores de diferentes segmentos de diferentes cadeias de produção, como forma de discutir arranjos, ações e políticas de desenvolvimento regional necessárias para ampliar a competitividade dos sistemas produtivos, agregar valor aos produtos e manter a conservação dos recursos naturais, sem perde de vista a urgência de se gerar empregos e renda para garantir a qualidade de vida das populações locais.

O evento foi parte das atividades da iniciativa de criação da Zona de Desenvolvimento Sustentável entre os Estados do Amazonas, Acre e Rondônia – AMACRO.

Segundo os organizadores, o projeto Amacro abrangerá um recorte de municípios localizados no sul do Amazonas, leste do Acre e noroeste de Rondônia, cuja área estimada de 454.220 quilômetros quadrados e população estimada, em 2020, de aproximadamente 2 milhões de pessoas. O projeto é percebido pela Suframa, Sudam e Banco da Amazônia, entre outros órgãos envolvidos na viabilização da iniciativa, como oportunidade efetiva para superação de desafios ligados à preservação ambiental e à necessidade de desenvolvimento socioeconômico daquela região.

No evento foi também realizado o lançamento do livro Solos da Amazônia Ocidental: bases para a sustentabilidade agrícola e ambiental; e serão ainda publicados os anais do evento, com trabalhos voluntários submetidos à publicação.

Promovido pelo Núcleo Regional Noroeste da SBCS, o Workshop teve como principais realizadores a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), a Secretaria de Estado de Agricultura de Rondônia (Seagri) / Governo do Estado de Rondônia, a Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira (Ceplac) e a Universidade Federal de Rondônia (UNIR), além da própria SBCS.

Toda a programação do evento pode ser visualizada no canal do YouTube do Núcleo Regional Noroeste da SBCS, disponível neste link