Lançado o Atlas de Solos da América Latina e Caribe

O Programa Euroclima da Comissão Europeia, lançou, em fevereiro, o Atlas de Solos da América Latina e Caribe. A publicação é direcionada para o público em geral, educadores, e tomadores de decisão do setor público que lidam com assuntos relativos ao meio ambiente, agricultura e sociedade. A primeira edição foi publicada em espanhol. Ainda haverá as versões em português e inglês. O trabalho foi Coordenado pelo Centro de Pesquisa da Comissão Europeia (JRC, da sigla em inglês). O Atlas é resultado de uma colaboração estreita com cientistas de solos da Europa e da América Latina e Caribe.

O conteúdo relativo ao Brasil foi produzido pela Embrapa Solos e coordenado pela chefe geral da Embrapa Solos Maria de Lourdes Mendonça Santos. Para ela, uma das grandes conquistas desse trabalho foi a cooperação científica entre os pesquisadores de solos de todos os países da região.Esta é a primeira publicação que mostra, de maneira geral, os solos da América Latina e Caribe. Mapas coloridos e ilustrações explicam de maneira simples a diversidade de solos da região.

 A publicação reforça a importância vital de um recurso natural que provê comida e combustível para 580 milhões de pessoas. O Atlas mostra a delicada relação entre os tipos de solos e as funções que eles exercem. Ele mostra a importância das inter-relações com o clima e uso da terra enquanto ilustra o papel do solo na segurança alimentar, particularmente em relação à mudança climática. Os solos da América Latina também são a base dos ecossistemas mais diversos do planeta.

Na América Latina e Caribe, os solos têm que fazer frente às necessidades de uma população que está em continuo e rápido crescimento. Mais da metade dos mais de 576 milhões de hectares de terra arável na América Latina são afetados por processos de degradação, principalmente na América do Sul e na Mesoamérica. As principais causas são mudança no uso da terra (especialmente desmatamento), exploração excessiva, mudança climática e desigualdade social. O Atlas se encarrega de apresentar diversas estratégias para a conservação e manejo sustentável dos solos.

O Atlas foi apresentado pelo coordenador do projeto Euroclima Luca Montanarella à Presidente Dilma Rousseff no dia 24 de fevereiro, em Bruxelas (Bélgica), durante o VII Encontro de Negócios União Europeia-Brasil. Também estiveram presentes Herman Van Rompuy, Presidente do Conselho Europeu e José Manuel Durão Barroso Presidente da Comissão Europeia. O Atlas também será divulgado durante o Congresso Latino-Americano de Ciência do Solo, em Cuzco (Peru), em novembro de 2014.

O Atlas está disponível para download em:  http://eusoils.jrc.ec.europa.eu/library/maps/LatinAmerica_Atlas/Documents/LAC.pdf.

Pedidos de cópias impressas do Atlas poderão ser feitos na livraria da União Europeia (https://bookshop.europa.eu/en/home/), a partir do mês de março.

 

Capa do Mapa que pode ser baixado na internet