Núcleo Regional Nordeste promove o 1° Seminário Nordestino de Biologia do Solo

O Núcleo Regional Nordeste promoveu, nos dias 16 e 17 de abril, o 1° Seminário Nordestino de Biologia do Solo. O evento foi realizado pelo Programa de Pós-graduação em Ciência do Solo da UFC como tema “Ecologia e Aplicações Biotecnológicas”. O evento foi totalmente online e gratuito, atraindo mais de 1400 inscritos de 13 países e mais de 40 instituições públicas e privadas. O Seminário fez parte das comemorações do Dia Nacional da Conservação do Solo, celebrado em 15 de abril.

O evento foi e coordenado pelo professor Arthur Prudêncio de Araújo Pereira e, ao longo das três sessões, os participantes tiveram a oportunidade de debater com os palestrantes de diferentes instituições, não somente da região nordeste, mas de todo o Brasil. Assim, Fernando Dini Andreote (ESALQ), Mário Andrade Lira Junior (UFRPE), Luis Henrique Zanini Branco (UNESP), Tallita Cruz Lopes Tavares (UFC), Bruno Tomio Goto (UFRN), Ademir Sérgio Ferreira Araújo (UFPI) e Érika Valente de Medeiros (UFAPE), compartilharam suas experiências e conhecimento sobre um dos temas mais ricos para a ciência do solo. foi o tema central de vários eventos promovidos no Brasil e no exterior, por ser eixo fundamental para uma agricultura mais sustentável, entre outros.

Para a realização desse e futuros eventos, o NRNE-SBCS criou seu canal YouTube, garantindo maior visibilidade e possibilitando a interação com o público que atua, direta ou indiretamente, com ciência do solo. A ideia é promover eventos similares dentro das diferentes divisões e comissões especializadas do NRNE.

A data também permitiu fazer a divulgação do Prêmio Nordeste “Destaque Acadêmico em Ciência do Solo” do NRNE-SBCS. O Prêmio é outorgado para a melhor dissertação de mestrado e tese de doutorado selecionada em cada uma das divisões de conhecimento que compõem a estrutura organizacional do NRNE-SBCS e realizados nos diferentes Programas de Pós-graduação na região NE.

Os trabalhos premiados foram selecionados pela originalidade, relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico e, ou de inovação para região Nordeste.

Divisão I – Solo no Espaço e no Tempo: que inclui as comissões de Gênese e Morfologia do Solo; Levantamento e Classificação do Solo e Pedometria

Melhor Dissertação: Caracterização e gênese de solos originados de rochas metamórficas e carbonatadas na região semiárida de Pernambuco, de Isamor Gomes do Nascimento e orientado pelo Prof. Valdomiro Severino de Souza Júnior, do PPGCS – UFRPE.

Melhor Tese:  Pedogênese e sequestro de carbono em planossolos ao longo de um gradiente pluviométrico na província Borborema, Brasil, de Juliet Emilia Santos de Sousa e orientado pelo Prof. Valdomiro Severino de Souza Júnior, do PPGCS – UFRPE.

Divisão II – Processos e Propriedades do Solo: que inclui as comissões de Biologia do Solo; Física do Solo; Mineralogia do Solo e Química do Solo

Melhor Dissertação: Permeabilidade de solos irrigados com águas salinas em função do teor e tipo de argila, de Clarissa Buarque Vieira e orientado pela Profa. Maria Betânia Galvão dos Santos Freire do PPGCS – UFRPE.

Melhor Tese: Potencial de leguminosas colonizadas por micorrizas arbusculares para revegetação de áreas de mineração de manganês, de Kaio Gráculo Vieira Garcia e orientado pelo Prof. Paulo Furtado Mendes Filho, do PPGCS – UFC.

Divisão III – Uso e Manejo do Solo: que inclui as comissões de Fertilidade do Solo e Nutrição de Plantas; Corretivos e Fertilizantes; Manejo e Conservação do Solo e da Água; Planejamento do Uso da Terra e; Poluição, Remediação do Solo e Recuperação de Áreas Degradadas.

Melhor Dissertação: Bioacessibilidade e fitoatenuação de Cd, Pb e Zn por milho em solo poluído por escória metalúrgica e tratado com biochar, de Venâncio de Lima Veloso e orientado pelo Prof.  Clístenes Williams Araújo do Nascimento, do PPGCS – UFRPE.

Melhor Tese: Hydrogels for application in soils under abiotc stresses of drylands, de Carla Danielle Vasconcelos do Nascimento e orientado pela Profa. Mirian Cristina Gomes Costa, do PPGCS – UFC.

(Texto elaborado por Maria Eugenia Ortiz Escobar, Diretora do NRNE-SBCS)