Associe-se
Newsletter SBCS
Assine agora / Subscribe


Not铆cias


Organizadores da Reuni茫o Sul Brasileira de Ci锚ncia do Solo investem em tecnologia de transmiss茫o online para sucesso do evento16/12/2020

O N煤cleo Regional Sul (NRS) da SBCS realizou a XIII Reuni茫o Sul Brasileira de Ci锚ncia do Solo, nos dias 26 e 27 de novembro de 2020. Pela primeira vez na hist贸ria, a Reuni茫o ocorreu de forma virtual, visando atender 脿s medidas de preven莽茫o e distanciamento social ocasionadas pela pandemia do COVID-19. A cidade-sede oficial da Reuni茫o e de onde se deu toda a base de transmiss茫o via internet do evento foi Porto Alegre, RS.

O tema principal da Reuni茫o foi 鈥淐onhecimento aplicado ao campo e 脿 cidade鈥. O evento se apresentou como um momento de integra莽茫o para discuss茫o dessa tem谩tica para os profissionais, buscando fomentar a ci锚ncia, tecnologia e inova莽茫o. O tema foi fundamentado na premissa de que o manejo do solo 茅 pr谩tica essencial para a sustentabilidade econ么mica, social e ambiental do meio rural e do meio urbano, uma vez que o solo 茅 agente integrador desses ambientes.

Neste sentido, o tema ressaltou a import芒ncia de conservar e manejar o solo de forma adequada, recurso natural, finito e essencial 脿 vida no planeta. N茫o raro, tal import芒ncia 茅 lembrada com maior frequ锚ncia no meio rural pelas altas perdas de solo (on site), especialmente em condi莽玫es de eventos extremos de chuvas devido o processo erosivo. No entanto, sabe-se que tal processo ir谩 impactar tamb茅m os corpos h铆dricos (off site), que sofrem com o aporte de sedimentos, comprometendo a quantidade e a qualidade da 谩gua dispon铆vel para todos os seres vivos. Isso inclui todas as pessoas da sociedade, seja do campo ou da cidade, e estudar o solo nos revela isso, a todo momento.
A XIII Reuni茫o Sul Brasileira de Ci锚ncia do Solo contou com 323 inscritos de 18 estados, sendo a maioria da 谩rea de abrang锚ncia do NRS (47% do Rio Grande do Sul e 16% de Santa Catarina). A maioria dos inscritos foram alunos de gradua莽茫o (45%), seguido de doutorandos e mestrandos, representando mais de 100 institui莽玫es diferentes. No total, 203 trabalhos cient铆ficos foram aprovados e ser茫o disponibilizados na forma de Anais. A apresenta莽茫o dos trabalhos cient铆ficos se deu na forma oral (gravada), sendo disponibilizado no site para todos os participantes. Al茅m disso, a Comiss茫o Organizadora escolheu tr锚s trabalhos de destaque em cada uma das sete 谩reas, cujos v铆deos foram exibidos na 铆ntegra durante a programa莽茫o do evento. A escolha do destaque principal da 谩rea foi feita por meio de vota莽茫o do p煤blico participante.

A programa莽茫o do evento contou com sete palestrantes que abordaram as diferentes 谩reas da ci锚ncia do solo, al茅m da premia莽茫o de trabalhos, reuni茫o de comiss玫es e o fechamento com a assembleia geral do NRS para elei莽茫o e encaminhamentos da nova gest茫o, composta por uma chapa de representantes da Universidade Federal de Santa Catarina.
A gest茫o 2019-2020 do NRS, composta por representantes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, avaliou o evento como exitoso, uma vez que conseguiu cumprir com o papel de intera莽茫o dos cientistas do solo do RS e de SC, mesmo em um ano t茫o complicado para todos como foi 2020. Para isso, no entanto, ressalta-se que foi necess谩rio investimento financeiro similar a um evento presencial, garantindo a boa qualidade visual e de transmiss茫o para todos os participantes.

 

 


Pedologia brasileira perde Jos茅 Rosatelli15/12/2020

A SBCS recebeu, com pesar a not铆cia do falecimento de um dos pioneiros da Pedologia no Brasil, Jos茅 Silva Rosatelli, dia 19 de novembro, aos 84 anos de idade. Entre as d茅cadas de 1960 e 1990 ele participou dos principais levantamentos de solos no pa铆s, contribuindo muito para o conhecimento que temos atualmente.

Natural de Bueno Brand茫o 鈥 MG, Rosatelli concluiu o curso de Engenharia Agron么mica na antiga Escola Nacional de Agronomia (ENA), hoje UFRRJ, em 1962. Da铆 em diante trabalhou em v谩rias institui莽玫es governamentais do pa铆s, sempre como ped贸logo, com destaque para o CEPLAC 鈥 Centro de Pesquisa do Cacau (1963/1965); Equipe de Pedologia e Fertilidade dos Solos ( DPFS -Divis茫o de Pesquisas Pedol贸gicas do Minist茅rio da Agricultura, atualmente Embrapa Solos (1966/68); SUVALE 鈥 Superintend锚ncia do Vale do S茫o Francisco (1968/72); Projeto RADAM e Projeto RADAMBRASIL (1972/86); IBGE (1986/92), onde se aposentou.

Em 1966, j谩 como t茅cnico da DPFS, participou do 煤ltimo da s茅rie de quatro cursos intensivos de 鈥淭reinamento para Levantamento de Solos鈥, organizado pela Divis茫o de Pedologia e Fertilidade dos Solos, em conv锚nio MA-CONTAP-USAID-ETA, ministrado por t茅cnicos especializados da FAO e por t茅cnicos da DPFS. O foco principal deste treinamento era capacitar pessoal para ampliar o quadro t茅cnico do Minist茅rio da Agricultura, direcionado para trabalhos de levantamento de solos do territ贸rio nacional, iniciados de forma mais sistematizada nos idos de 1960.

Acumulando vasta experi锚ncia em levantamentos pedol贸gicos e interpreta莽茫o de terras para fins agr铆colas em v谩rias regi玫es do pa铆s nas institui莽玫es onde passou, Rosatelli foi contratado, em 1973, como Diretor da Divis茫o de Pedologia (DIPED) do Projeto RADAM, vinculado ao Departamento Nacional de Produ莽茫o Mineral do Minist茅rio de Minas e Energia, com sede em Bel茅m,PA.

Iniciavam-se ent茫o os levantamentos de recursos naturais da regi茫o Amaz么nica, at茅 ent茫o muito pouco conhecida quanto aos recursos de geologia, solos, vegeta莽茫o, geomorfologia, clima e interpreta莽茫o do uso potencial das terras para fins agr铆colas. O trabalho foi pioneiro e desafiador por causa das grandes dificuldades de realiza莽玫es operacionais, organiza莽茫o e montagem de acampamentos para realiza莽茫o das viagens (opera莽玫es) de campo. Havia grande precariedade da rede vi谩ria e das estruturas essenciais para pernoites e alimenta莽茫o, al茅m do calor, chuva, mal谩ria, entre outras adversidades.

Por outro lado, era a primeira vez que o Brasil trabalhava com imagens de radar americanas (Side Looking Airbone Radar 鈥 Slar), para levantamentos de tais recursos naturais no Brasil. Um marco hist贸rico na pedologia nacional. Isto proporcionou o levantamento dos recursos de solos, vegeta莽茫o, geologia de todo territ贸rio nacional em escala padronizada, trabalhando na escala 1:250.000 e publicando os mapas gerados na escala 1.1.000.000. Foram publicadas, ainda, nesta mesma escala, aspectos da geomorfologia do pa铆s e do uso potencial das terras.

Para a realiza莽茫o de um trabalho de tamanha envergadura, em um espa莽o de tempo relativamente curto, era necess谩rio ter uma boa equipe. No quesito solos, entra a铆 o nome do Rosatelli, obviamente contando com todo apoio da Diretoria do RADAM. Ele praticamente montou, formou e dirigiu a equipe de ped贸logos da DIPED, recrutando engenheiros agr么nomos rec茅m-formados e promovendo os seus treinamentos em servi莽o imediato de campo e escrit贸rio.

Mais tarde, abrangendo trabalhos em todo territ贸rio Nacional, agora como Projeto RADAMBRASIL, sediado em Salvador, e ainda sob a coordena莽茫o do Rosatelli, a DIPED contava com mais de 70 agr么nomos, muitos dos quais, ap贸s o encerramento das atividades do Projeto em 1986, prosseguiram na carreira, como executores de levantamentos ou como professores e pesquisadores.

Foi assim que Rosatelli praticamente montou, em curto espa莽o de tempo, talvez a maior equipe de ped贸logos existente no pa铆s. Como resultado, no final do Projeto em 1986, os recursos de solos do pa铆s estavam reconhecidos em escala padronizada, ainda que muito pequena. Estas informa莽玫es encontram-se disponibilizados no聽site聽do IBGE, em mais de 30 volumes, na quase totalidade sob sua coordena莽茫o. Certamente que n茫o se pode esquecer aqui, de forma alguma, o trabalho da equipe do Minist茅rio da Agricultura, hoje Centro Nacional de Pesquisa de Solos da Embrapa.

Rosatelli contribuiu ainda, de forma significativa, para a cria莽茫o do Sistema Brasileiro de Classifica莽茫o de Solos (SiBCS), materializado apenas no ano de 1999. Nas atividades que precederam o SiBCS, Rosatelli participou 聽ativamente de alguns dos primeiros e muito importantes levantamentos de solos de abrang锚ncia nacional no Minist茅rio da Agricultura: 1) Mapa esquem谩tico dos solos das regi玫es Norte, Meio-Norte e Centro Oeste do Brasil (Conv锚nio MA-Embrapa/CONTAP/USAID) publicado em 1975 e tamb茅m conhecido como Projeto Garimpo; 2) Levantamento de reconhecimento de solos do sul do estado de Mato Grosso (Conv锚nio MA-DPP/INCRA CONTAP/USAID) publicado em 1971.

Atrav茅s dos levantamentos executados pelos Projetos RADAM e Projeto RADAMBRASIL sob seu comando, trouxe contribui莽玫es tanto no avan莽o do conhecimento e cartografia de solos, quanto no avan莽o e aperfei莽oamento de in煤meras t茅cnicas de mapeamento como do uso sistem谩tico das imagens de radar para as diversas a莽玫es e mapeamento, das t茅cnicas de correla莽茫o de solos com ci锚ncias afins como geologia, geomorfologia e vegeta莽茫o.

No aspecto pessoal, h谩 que se salientar que o Rosatelli era pessoa de poucas palavras e risos, reservado para se comunicar em p煤blico, mas profissional de lisura invej谩vel, compromissado e 脿s vezes bastante rigoroso com seus comandados para que o trabalho fosse bem executado.

Por tudo isto, o que n茫o 茅 pouco, alguns de n贸s que convivemos com ele na DIPED do RADAM, decidimos lhe prestar esta singela, mas justa homenagem com esta publica莽茫o na SBCS. Miss茫o cumprida Rosa! Descanse em paz!

Na foto, Rosatelli, ao centro, de camisa vermelha, em Sumidouro, MT durante levantamento de solos no projeto Garimpo, nos anos 1960.

 

 

 

 

 


Comiss茫o organizadora avalia realiza莽茫o da VI Reuni茫o Nordestina de Ci锚ncia do Solo14/12/2020

O evento foi realizado de forma totalmente online e reuniu 802 participantes. A programa莽茫o contou com 24 confer锚ncias tem谩ticas, envolvendo 54 palestrantes, sendo quatro estrangeiros. A confer锚ncia de abertura foi realizada pelo professor Rattan Lal, da Ohio State University e um dos ganhadores do Pr锚mio Nobel da Paz, em 2017. A VI-RNCS foi promovida pelo N煤cleo Regional Nordeste da SBCS com apoio da UFRPE e Embrapa Solos (UEP-Recife)

Desde que Recife foi escolhida, em 2019, para sediar a VI-RNCS, n茫o houve d煤vidas que seria um grande evento, gra莽as a qualidade que caracteriza o principal evento t茅cnico-cient铆fico do N煤cleo Regional Nordeste da SBCS. Esta edi莽茫o foi promovida pelo聽Programa de P贸s-gradua莽茫o em Ci锚ncia do Solo da UFRPE e a Embrapa Solos (UEP-Recife).

Devido a Pandemia da Covid-19, a VI-RNCS foi realizada de forma online e ao vivo, nos dias 01 e 02 de dezembro de 2020 – semana que 茅 comemorado o Dia Mundial do Solo (World Soil Day). A programa莽茫o do evento est谩, inclusive, inserida no site da FAO Worldwide Events (http://www.fao.org/world-soil-day/worldwide-events/en/). O tema 鈥淪ervi莽os ecossist锚micos, peculiaridades e potencialidades de solos do Nordeste do Brasil鈥 – escolhido por considerar que os solos fornecem e regulam muitos servi莽os ecossist锚micos e desempenham um papel importante para o bem estar da humanidade – possibilitou debates t茅cnicos e cient铆ficos sobre as peculiaridades e potencialidades de solos no Nordeste.

O evento contou com 802 participantes inscritos, sendo 319 na categoria discentes de gradua莽茫o, 253 discentes de p贸s-gradua莽茫o e 230 profissionais. Foram submetidos 391 resumos simples distribu铆dos em nove comiss玫es tem谩ticas, selecionadas de acordo com as divis玫es do N煤cleo Regional Nordeste da SBCS. Os trabalhos foram avaliados por pesquisadores das principais institui莽玫es de ensino superior e de pesquisa do Brasil, envolvendo discentes de doutorado, p贸s-doutorados, docentes e pesquisadores.

A programa莽茫o do evento contou com 24 confer锚ncias tem谩ticas, envolvendo 54 palestrantes e 24 mediadores das principais IES e Institutos de Pesquisa do Pa铆s e do Mundo. Do total de palestrantes, participaram seis pesquisadores estrangeiros de quatro pa铆ses, Estados Unidos (2), Fran莽a (2), It谩lia (1) e Inglaterra (1).

A cerim么nia de abertura contou com representantes da UFRPE 鈥 Pr贸-reitora de P贸s-Gradua莽茫o, Maria Madalena Pessoa Guerra, o Coordenador T茅cnico da Embrapa Solo UEP 鈥 Recife, Andr茅 J煤lio do Amaral, o Presidente do VI-RNCS, Valdomiro Severino de Souza J煤nior, o Presidente da Comiss茫o Cientifica, Edivan Rodrigues de Souza, a Diretora do N煤cleo Regional Nordeste da SBCS, Maria Eug锚nia Ortiz Escobar e a Presidente da SBCS, L煤cia Helena Cunha dos Anjos. A confer锚ncia de abertura do evento: Servi莽os ecossist锚micos e sequestro de carbono (Ecosystem Services and Carbon Sequestration) foi proferida pelo professor Rattan Lal, da Ohio State University-OSU, um dos principais cientistas do solo do mundo e um dos vencedores Pr锚mio Nobel da Paz pelo IPCC, em 2007, e Pr锚mio World Food Prize, Des Moines, IA, USA (2020).

O evento ainda contou com uma sess茫o de mesa redonda com representantes dos principais polos de produ莽茫o agr铆cola do Estado de Pernambuco e o Presidente da principal ag锚ncia de fomento do Estado de Pernambuco e uma das principais do Pa铆s, a Funda莽茫o de Amparo de Ci锚ncia e Tecnologia do Estado de Pernambuco 鈥 FACEPE. O principal foco de discuss茫o foi a import芒ncia do solo para alavancar a produ莽茫o agr铆cola e o financiamento de pesquisas aplicadas para o setor.

Os resumos simples foram apresentados nos formatos de p么ster e oral. Foram estabelecidas cinco sess玫es de apresenta莽玫es orais com sele莽茫o de 35 resumos no total. Ao final do evento foram premiados nove resumos representantes das comiss玫es e selecionados nas sess玫es de apresenta莽玫es orais. Como parte das Homenagens do NRNE, a professora, V芒nia da Silva Fraga recebeu o Pr锚mio Nordeste de Ci锚ncia do Solo pelas contribui莽玫es e dedica莽茫o com a ci锚ncia do solo na regi茫o nordeste.

J谩 as indica莽玫es para o 2潞 Pr锚mio Nordeste 鈥淒estaque Acad锚mico em Ci锚ncia do Solo, foram estendidas at茅 o dia 31 de dezembro dando, assim, a oportunidade de valorizar a pesquisa realizada sobre ci锚ncia do solo na regi茫o. A cerim么nia de premia莽茫o ser谩 realizada em abril de 2021.

Para a Comiss茫o Organizadora, formada pelos professores Caroline Biondi, Edivan Souza, Giselle Fracetto e Valdomiro Souza J煤nior, o sucesso do evento foi fruto do esfor莽o coletivo de um grupo de discentes de p贸s-gradua莽茫o, p贸s-doutorandos, docentes e pesquisadores altamente qualificados que conseguiram capitanear os palestrantes e mediadores extremamente comprometidos e competentes para discutir os temas promovidos. O N煤cleo Regional Nordeste da SBCS e o Programa de P贸s-Gradua莽茫o em Ci锚ncia do Solo – UFRPE sentem-se honrados com a confian莽a e com as expectativas atendidas de todos os participantes.

Desejamos sucesso para os organizadores da VII RNCS a ser realizada em Mossor贸, RN em 2022.

Edivan Rodrigues de Souza

Maria Eugenia Ortiz Escobar

Valdomiro Severino de Souza J煤nior

 


Brasileiros fazem sucesso na produ莽茫o de livros infantis sobre solos em concurso internacional09/12/2020

Tr锚s equipes de brasileiros ficaram entre os dez finalistas do concurso internacional para produ莽茫o de um livro para crian莽as sobre Biodiversidade do Solo. O Brasil registrou 12 inscri莽玫es e ocupou o 3潞, 7潞 e 9潞 lugares e ainda registrou cinco men莽玫es honrosas. Participaram do concurso mais de 100 livros de 60 pa铆ses. A divulga莽茫o do resultado aconteceu no dia 5 de dezembro.

O 鈥淐hildren’s book contest on Soil Biodiversity鈥 foi lan莽ado por meio de uma parceria entre a Uni茫o Internacional de Ci锚ncia do Solo (IUSS), a FAO/ONU e a Alian莽a Global pelos Solos (GSP) para celebrar o Dia Mundial do Solo, em 2020. 聽O lema para constru莽茫o do material foi 鈥淢anter o solo vivo, proteger a biodiversidade do solo”. 聽Os livros, destinados a crian莽as de 6 a 11 anos, destacam os riscos associados 脿 perda da biodiversidade do solo e ilustram o papel vital que o solo e a biodiversidade desempenham na sustenta莽茫o do bem-estar humano, garantindo a produtividade agr铆cola futura e a sustentabilidade ambiental.

O concurso faz parte do projeto da 鈥淚USS vai 脿 escola鈥, criado para sensibilizar crian莽as e adolescentes sobre a import芒ncia dos solos. Os objetivos do concurso foram: promover o conhecimento cient铆fico e dar visibilidade 脿 import芒ncia da biodiversidade do solo; aumentar a consci锚ncia sobre a urg锚ncia de proteger a biodiversidade do solo; estimular atividades educacionais e o engajamento e participa莽茫o de jovens e escolas em ci锚ncias do solo.

Para a diretora da Divis茫o 4 da SBCS, Cristine Carole Muggler, este 贸timo desempenho das iniciativas brasileiras ilustra o movimento de crescimento da Educa莽茫o em Solos no Brasil, em especial a partir de 2008, com a retomada dos Simp贸sios Brasileiros de Educa莽茫o em Solos e do est铆mulo 脿 constitui莽茫o de grupos e espa莽os atuantes no tema. Atualmente h谩 quase 90 iniciativas, que foram reunidas na Colet芒nea de Ci锚ncia do Solo, recentemente publicada como e-book pela SBCS.

A capa que ilustra esta mat茅ria 茅 do livro 鈥The home of life. I am a living soil鈥, produzido pela equipe da Embrapa Solos que alcan莽ou o terceiro lugar no concurso. Os tr锚s primeiros lugares ter茫o suas produ莽玫es traduzidas em todos os idiomas da FAO.

Os downloads dos livros podem ser feitos neste link.

Confira os brasileiros vencedores.

The home of life. I am a living soil“. Claudio Lucas Capeche, Julia Franco Stuchi, Milena Pessoa Pagliacci, Fabr铆cio de Martino, Alexandre Abrantes Cotta de Mello, Antonio Augusto Bianchi, Maya Stuchi Tedjini, Kelita Carlos Andrade (Embrapa Solos)

鈥淭he soil is alive鈥. Argeu Vanz, Elis芒ngela Benedet Da Silva, Leandro Do Prado Wildner, Josiane De Souza Passos, Liagreice Pereira De Medeiros Cardoso, C茅lio Haverroth, Leonir Claudino Lanznaster, Empresa de Pesquisa Agropecu谩ria e Extens茫o Rural de Santa Catarina 鈥 EPAGRI.

The amazing untold history of soil biodiversity and our welfare鈥. Fabiano de Carvalho Balieiro, Embrapa Solos.

Men莽茫o honrosa para os seguintes livros:

The world under our feet. Keep soil alive, protect soil biodiversity. Agnes Mitsuyo Shimosaka, Cheila da Silva Chagas, Jessana Priscila Moccelini de Ara煤jo Gon莽alves.

Solinho in the Amazon. The importance of biodiversity to the soil. Antonio Carlos De Azevedo, Luiz De Queiroz College of Agriculture/ University of Sao Paulo (Esalq/USP).

What is that little yellow dot under your feet? Caroline Krug Vieira, Morgana Montibeler, Tamiris Marandola, Daniela Tomio, Sidney Luiz St眉rmer, Universidade Regional de Blumenau (FURB).

Learning about soil biodiversity with the worm Paspim. Adriana de F谩tima Meira Vital, Universidade Federal de Campina Grande, UFCG.

Ane, the ant. Keep soil alive, protect soil biodiversity. Gabriel Nuto N贸brega, Marcela Lopes L谩zaro, Fluminense Federal University, Glaucia Guimar茫es, Rodolfo Ferreira, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, and聽Luciana Corr锚a Santos, UCA 鈥 Universit茅 Clermont Auvergne, France.


Mapa lan莽a plataforma tecnol贸gica do PronaSolos08/12/2020

A plataforma re煤ne em um sistema de informa莽玫es geogr谩ficas mapas e dados de solos produzidos por Servi莽o Geol贸gico do Brasil (CPRM),聽Embrapa, Instituto Brasileiro de Geografia e Estat铆stica聽(IBGE), 贸rg茫os estaduais e regionais e universidades.

A ministra da Agricultura, Pecu谩ria e Abastecimento, Tereza Cristina, lan莽ou,聽 dia 3 de dezembro, a聽plataforma tecnol贸gica聽do Programa Nacional de Levantamento e Interpreta莽茫o de Solos no Brasil (PronaSolos), que re煤ne em um sistema de informa莽玫es geogr谩ficas mapas e dados de solos produzidos por Servi莽o Geol贸gico do Brasil (CPRM),聽Embrapa, Instituto Brasileiro de Geografia e Estat铆stica (IBGE), 贸rg茫os estaduais e regionais e universidades. A cerim么nia foi transmitida pelo聽canal do Mapa no YouTube.聽聽聽聽

A plataforma 茅 a primeira entrega do PronaSolos para a sociedade em geral, e seu lan莽amento marca o in铆cio do funcionamento do Sistema Nacional de Informa莽茫o de Solos, conforme recomenda莽玫es do ac贸rd茫o 1914/2015 do Tribunal de Contas da Uni茫o (TCU), que determinou que o Governo Federal promovesse o levantamento de informa莽玫es adequadas sobre solos no Brasil e a sistematiza莽茫o dos dados existentes em um sistema de acesso p煤blico. O ac贸rd茫o deu origem ao programa, oficializado em 2018.

A ministra Tereza Cristina celebrou a cria莽茫o da plataforma tecnol贸gica e disse que a agricultura brasileira pode evoluir cada vez mais com o conhecimento colocado 脿 disposi莽茫o da sociedade. 鈥淎 ci锚ncia 茅 que pode desmentir uma serie de mitos que s茫o colocados contra a agricultura brasileira. Cada vez que oferecemos uma ferramenta como esta, mostramos o que 茅 a nossa produ莽茫o de alimentos para o Brasil e o mundo.鈥

Fernando Camargo, secret谩rio de Inova莽茫o, Desenvolvimento Rural e Irriga莽茫o do Mapa, destacou que a plataforma remove um grande entrave para a agricultura brasileira, que 茅 a falta de conhecimento detalhado do solo. 鈥淪em esse detalhamento, n茫o vamos conseguir avan莽ar na chamada agricultura sustent谩vel de precis茫o e digital e em todo o planejamento p煤blico em que o solo seja determinante.鈥

Celso Moretti, presidente da Embrapa, lembrou que o sistema brasileiro de zoneamento agr铆cola de risco clim谩tico, que diz quando, onde, o que e como plantar, tem muito a evoluir a partir das informa莽玫es geradas e sistematizadas pelo PronaSolos. 鈥淓ssas informa莽玫es da aptid茫o agr铆cola, junto com o detalhamento dos solos que o programa trar谩, tornar谩 poss铆vel avan莽ar na previs茫o da nossa safra e na redu莽茫o do risco clim谩tico, que 茅 um dos grandes gargalos do desenvolvimento. Tamb茅m poderemos acompanhar melhor a quest茫o da eros茫o e das 谩reas degradadas, sem contar a melhoria da efici锚ncia da produtividade.鈥

A for莽a das parcerias

Petula Ponciano, chefe geral da Embrapa Solos, enfatizou a import芒ncia das parcerias e da governan莽a do PronaSolos. 鈥淓sse programa nos mostra como 茅 poss铆vel transformarmos sombreamento entre institui莽玫es em sinergia. Ele 茅 fruto de um arranjo institucional colaborativo, incluindo a iniciativa privada e a sociedade civil, e com base nesse arranjo 茅 que foi constru铆da a vers茫o 1.0 da plataforma tecnol贸gica, que ainda ter谩 muitas funcionalidades a serem desenvolvidas ao longo do tempo.鈥

Jos茅 Carlos Polidoro, pesquisador da Embrapa Solos (RJ) e coordenador do comit锚 executivo do PronaSolos, destacou o esfor莽o significativo das equipes, ao longo dos 煤ltimos meses, para a constru莽茫o desse primeiro m贸dulo da plataforma, mesmo com as complica莽玫es trazidas pela pandemia. 鈥溍 um sinal forte da governan莽a do programa, pois todas as institui莽玫es presentes no comit锚 executivo deram sua parcela de contribui莽茫o em suas especialidades, trazendo as for莽as de suas redes para o nosso trabalho. Essas entregas s茫o resultado de um esfor莽o do Estado brasileiro鈥.

O coordenador do comit锚 estrat茅gico do programa, Pedro Correa Neto, que ocupa o cargo de secret谩rio-adjunto de Inova莽茫o Desenvolvimento Rural e Irriga莽茫o do Mapa, apontou que o grande desafio para os pr贸ximos anos 茅 fortalecer e ampliar essas a莽玫es conjuntas das institui莽玫es envolvidas na constru莽茫o da plataforma tecnol贸gica, para alcan莽ar sinergia e complementariedade efetivas. 鈥淓ste ser谩 um grande legado para a administra莽茫o p煤blica e para a sociedade brasileira.鈥

O potencial da plataforma

Segundo Silvio Bhering, pesquisador da Embrapa Solos e coordenador do portf贸lio de projetos de Solos do Brasil da empresa, o principal ganho para a sociedade com a entrega de vers茫o 1.0 da plataforma 茅 o acesso ao acervo de estudos de mapeamentos e de perfis de solos do Brasil e outros dados e informa莽玫es relevantes levantados nas 煤ltimas seis d茅cadas, em um 煤nico local, de forma organizada e sistematizada.

A primeira vers茫o da plataforma engloba o portal de dados, que disponibiliza por meio de um sistema SigWeb os diferentes mapeamentos de solos e outros temas b谩sicos, enquanto o portal do conhecimento, integrado ao SigWeb, disponibiliza as diversas interpreta莽玫es聽realizadas com base nos mapas de solos, como os zoneamentos dos mais diferentes fins 鈥 agroecol贸gico, aptid茫o agr铆cola, disponibilidade h铆drica, suscetibilidade 脿 eros茫o h铆drica e outros.

A plataforma SIGWeb permite carregar na mesma imagem mapas de diferentes institui莽玫es, como por exemplo o mapa de aptid茫o agr铆cola do Matopiba, importante fronteira agr铆cola que compreende as regi玫es do Cerrado do Maranh茫o, Tocantins, Piau铆 e Bahia, junto com o mapa de hidrogeologia da regi茫o, fornecendo indica莽玫es das 谩reas com maior impacto do uso de irriga莽茫o. Tamb茅m 茅 poss铆vel, ao abrir um mapeamento, acionar uma s茅rie de planos de informa莽茫o para aparecerem em conjunto, entre eles biomas, bacias hidrogr谩ficas, hidrovias e rodovias, funcionalidade que torna poss铆vel verificar, por exemplo, as rodovias e hidrovias dispon铆veis em determinadas regi玫es produtivas.

鈥淥 foco desta primeira etapa foi agregar em um mesmo ambiente computacional dados e informa莽玫es gerados ao longo dos 煤ltimos 60 anos, com m茅todos e t茅cnicas distintas. Essa estrat茅gia nos obriga a alertar para poss铆veis inconsist锚ncias ao visualizarmos em conjunto, em um mesmo ambiente de SIG, dados e informa莽玫es t茫o diversos e calcados em t茅cnicas e processos distintos鈥, alertou Hiran Silva Dias, chefe de divis茫o de geoprocessamento da CPRM.

Os pesquisadores tamb茅m ressaltaram que a primeira vers茫o da plataforma SigWeb do PronaSolos exige algumas habilidades t茅cnicas para utiliza莽茫o, e por isso deve ser mais utilizada por t茅cnicos, pesquisadores e tomadores de decis茫o. Ao longo do tempo, com o trabalho de simplifica莽茫o de linguagem e ajustes na integra莽茫o dos dados de diferentes bases, as informa莽玫es ser茫o mais acess铆vel ao p煤blico leigo.

Pr贸ximas etapas

Ao longo de 2021 ser茫o implementados o m贸dulo de gest茫o e governan莽a do PronaSolos, que ser谩 consolidado por meio de uma sala de situa莽茫o e controle, e o m贸dulo de ambiente de execu莽茫o, que ser谩 respons谩vel pelo desenvolvimento de ferramentas de an谩lise integrada de dados e contemplar谩 todos os aspectos operacionais, metodol贸gicos e t茅cnicos dos estudos do programa. Ambos estar茫o integrados 脿 plataforma tecnol贸gica.

As pr贸ximas etapas do trabalho tamb茅m englobam a cont铆nua alimenta莽茫o da plataforma com dados de outras dezenas de institui莽玫es, al茅m da adequa莽茫o e integra莽茫o de dados.

Site oficial do programa

Tamb茅m foi lan莽ado pela ministra Tereza Cristina o site oficial do PronaSolos, que traz informa莽玫es institucionais sobre o programa e que ser谩 a principal porta de entrada para a plataforma tecnol贸gica, por meio de um banner de destaque. O site, que traz ainda diversas informa莽玫es gerais sobre solos brasileiros, pode ser acessada pela p谩gina oficial do Mapa, na se莽茫o de Sustentabilidade 鈥撀clique aqui.

A SBCS foi representa, no evento, pela presidente L煤cia Anjos.

Fernando Gregio聽(Embrapa Solos)

 


Uma live para todos os p煤blicos27/11/2020

A live da SBCS, nesta ter莽a-feira,1 de dezembro ser谩 ainda mais especial. Vamos celebrar o Dia Mundial do Solo dando voz a ele, o solo.
Nosso convidado 茅 o professor Carlos Ernesto Schaefer. Ele vai falar sobre a import芒ncia dos solos para a humanidade, os valores ambientais que t锚m e os problemas que enfrenta. Nesta data t茫o especial vamos falar sobre o futuro e que solos deixaremos para as pr贸ximas gera莽玫es.
E desta vez a nossa linguagem ser谩 a da Divulga莽茫o Cient铆fica. Vamos conversar com professores, estudantes, pesquisadores e leigos no assunto.聽 Uma live para atingir muitos p煤blicos e ser uma refer锚ncia para falar sobre solos!
N茫o perca! Divulgue, compartilhe e venha com a gente celebrar nossos solos!

A live ser谩 脿s 19:OOh, no canal da SBCS no YouTube.
#WorldSoilDay
#SoilBiodiversity
#SBCS


Marque sua atividade do WSD no site da FAO18/11/2020
Voc锚 est谩 planejando alguma iniciativa para celebrar o Dia Mundial do Solo?
Ent茫o, por favor, lembre-se de marcar sua a莽茫o no mapa da FAO!
Vamos mostrar ao mundo que sabemos falar sobre solos!
O mapa est谩 neste link.

Dia Mundial do Solo!05/11/2020
No dia 5 de dezembro, o mundo todo ir谩 celebrar o Dia Mundial do Solo e a SBCS quer motivar toda a nossa comunidade da ci锚ncia do solo brasileira a fazer o mesmo.
Mas n茫o basta divulgar postagens para nossos pares. Precisamos conversar com as pessoas que n茫o conhecem a import芒ncia dos solos e n茫o sabem os riscos que correm se este recurso n茫o for conservado.
Por isso, estamos conclamando a comunidade da ci锚ncia do solos聽 a produzir iniciativas sobre este tema pensando em p煤blicos leigos no assunto.
Outra ideia 茅 promover eventos, lives, jogos, brincadeiras focando em crian莽as e adolescentes, na turma do futebol, da escola dos seus filhos, etc!
Vamos contar para quem n茫o sabe que solos s茫o vivos e sustentam a vida no planeta. D锚 voz aos solos!
Fiquem ligados nas nossas redes sociais!
A SBCS conta com voc锚s!

Use sua criatividade e participe de um concurso internacional para produ莽茫o de livro infantil sobre biodiversidade dos solos03/11/2020

 

A Uni茫o Internacional de Ci锚ncia do Solo (IUSS), a FAO/ONU e A Alian莽a Global pelos Solos (GSP) est茫o lan莽ando um concurso internacional para produ莽茫o de um livro did谩tico para crian莽as sobre Biodiversidade do Solo. O lema para constru莽茫o do material ser谩 鈥淢anter o solo vivo, proteger a biodiversidade do solo”. As inscri莽玫es est茫o abertas at茅 o dia 10 de novembro. A SBCS solicita aos que v茫o participar deste concurso que enviem um e-mail para sbcs@sbcs.org.br. Nossa inten莽茫o 茅 apoiar a iniciativa com o que for preciso.

O concurso faz parte do projeto da 鈥淚USS vai 脿 escola鈥, criado para estimular crian莽as e adolescentes a terem mais consci锚ncia sobre a import芒ncia dos solos. Os objetivos do concurso s茫o: promover o conhecimento cient铆fico e dar visibilidade 脿 import芒ncia da biodiversidade do solo; aumentar a consci锚ncia sobre a urg锚ncia de proteger a biodiversidade do solo; estimular atividades educacionais, engajamento e participa莽茫o de jovens e escolas em ci锚ncias do solo.

Poder茫o participar do concurso pesquisadores, professores, estudantes, produtores, fot贸grafos e especialistas com qualquer forma莽茫o. Os vencedores receber茫o U$1.000 U$500 U$250 para os tr锚s primeiros lugares, respectivamente e ser茫o anunciados no Dia Mundial do Solo, 5 de dezembro de 2020.

O livreto ou cartilha ser谩 destinada a crian莽as de 6 a 11 anos. As obras s贸 ser茫o aceitas em ingl锚s e podem ser coloridas ou em preto e branco, e em g锚nero liter谩rio livre. Os vencedores ter茫o seus trabalhos traduzidos em todos os idiomas da FAO. As propostas dever茫o destacar os riscos associados 脿 perda da biodiversidade do solo e representar o papel vital que o solo e a biodiversidade desempenham na sustenta莽茫o do bem-estar humano, garantindo a produtividade agr铆cola futura e a sustentabilidade ambiental.

Mais informa莽玫es聽 neste site


N茫o perca!01/10/2020

Pelos pr贸ximos 30 anos, o PronaSolos envolver谩 dezenas de institui莽玫es parceiras, dedicadas 脿 investiga莽茫o, documenta莽茫o, invent谩rio e interpreta莽茫o dos dados de solos brasileiros. O objetivo 茅 mapear os solos de 1,3 milh茫o de km虏 do Pa铆s nos primeiros dez anos, e mais 6,9 milh玫es de km虏 at茅 2048, em escalas que v茫o de 1:25.000 a 1:100.000.

Esta live 茅 uma boa oportunidade para conhecer o PronaSolos e saber como a pedometria e o acesso aberto aos dados sobre solos no Brasil pode contribuir para o sucesso deste Programa.

Dia 5 de outubro, as 19h no canal da SBCS no YouTube